No próximo dia 21 será dado início à segunda etapa do curso “Programação Neurolinguística: aplicação na aprendizagem e educação” para funcionários do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).  A turma é composta por 15 pessoas que irão colocar em prática a teoria aprendida na primeira fase. O objetivo é aperfeiçoar o atendimento e a identificação das necessidades do público atendido pelo serviço. Serão realizados cinco encontros quinzenais a partir das 9 horas.

                O curso é oferecido pelo facilitador do Time do Emprego e couch em Programação Neurolinguística, Ednilson Rodrigues. Segundo ele, o curso amplia as ferramentas de abordagem e também as formas de aprendizado. “Normalmente as pessoas só conhecem uma ou duas formas de aprender e vamos ver que existem outras 5 ou 6 maneiras diferentes. Vamos ver também uma ferramenta de empatia, como identificar as necessidades do outro”, destaca.

                Rodrigues acredita que ao ampliar o leque de conhecimento nesta área o trabalho de mediação e atendimento realizado por estes profissionais será desempenhado de maneira mais eficaz. Vão participar psicólogos e assistentes sociais que atuam no Creas e também servidores da Fundação Casa – instituição do governo do Estado que atende menores em medidas sócio-educativas.

SERVIÇO: O Creas Vila Virgínia está localizado na Rua Araguari, 74.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui