Sem água, moradores do Retiro reivindicam intervenção de Laranjeira

Sem água, moradores do Retiro reivindicam intervenção de Laranjeira

Sem água em quase todos os dias da semana, moradores do bairro do Retiro pediram a intervenção do vereador Rafael Santos Laranjeira (PSB), o Rafael Laranjeira, junto à Prefeitura de Arujá na expectativa de conseguirem uma solução definitiva para o problema. Eles reclamam que o abastecimento – feito por meio de caminhão-pipa – é insuficiente para garantir que as caixas d’água das residências permaneçam cheias. “Chegamos a ficar de três a quatro dias sem água”, contou a dona de casa Helenice do Nascimento. Segundo ela, a situação é bem diferente para quem mora na parte mais baixa do bairro. “Ali o pessoal até lava calçada enquanto a gente aqui não tem água nem para beber”.

O ajudante geral Sérgio Leandro da Silva disse que só tem água mesmo uma vez por semana. “Aí temos de administrar, para não ficarmos sem nos outros dias”, explicou. Ele é morador da Viela 3.

Com a chegada de mais pessoas, Laranjeira acabou improvisando uma reunião na rua mesmo e ali, além das reclamações em relação à falta de água, também tomou conhecimento das dificuldades com a manutenção das ruas, a falta de iluminação e as condições precárias da área de lazer. Ele esteve no bairro na quinta-feira (13/4).

O Retiro fica na divisa entre os municípios de Arujá e Santa Isabel, o que também dificulta o atendimento das demandas.

Laranjeira foi bastante objetivo com a população. “Nossa prioridade será acionar a Prefeitura para regularizar o abastecimento de água, pois esse é um direito universal e precisa ser garantido”, salientou. Ele disse que também irá buscar solução para as outras necessidades do bairro, mas de forma paulatina.

Ainda assim, a pedido dos moradores, o vereador visitou o ponto mais alto do bairro onde estão instaladas a caixa d’água, o parquinho e a quadra. A área está com bastante mato e os brinquedos com diversas avarias.

Na tarde de segunda-feira (16/4), Laranjeira foi informado pela Prefeitura que o fornecimento de água havia sido normalizado. O parlamentar garantiu, no entanto, que continuará a monitorar a situação bairro.

Mais Notícias

Sidebar