A Secretaria de Desenvolvimento Social de Itaquaquecetuba está realizando desde o início do inverno a abordagem nas ruas da cidade, às pessoas que estão em situação de rua. A ação tem como objetivo ofertar o serviço de acolhimento para essa população, sobretudo por causa da queda na temperatura.

O inverno começou no dia 21 de junho e vai até 21 de setembro. Os termômetros apontam quedas drásticas na temperatura, causando preocupação para a Prefeitura de Itaquaquecetuba. Com esse alerta climático, a equipe do Centro Pop está atenta. Na última quarta-feira (30), quando a temperatura chegou na marca dos 6 graus, os agentes estiveram nas ruas para abordar os moradores de rua das cidades, a fim de ofertar o serviço de acolhimento. Atualmente, a Secretaria possui um albergue com capacidade para 30 pessoas/vagas, mas até o momento, a média de ocupação é de 20 pessoas.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Cláudia Marzagão, “Os dados do Climatempo, apontam que a temperatura para sábado melhora, mas sabemos que a sensação térmica para quem está exposto ao tempo pode ser bem abaixo, por isso, temos esta preocupação. Ficamos monitorando o clima para dar o suporte necessário para esse público mais vulnerável, porém existe muita resistência por parte dessas pessoas e mesmo com baixas temperaturas se recusam a ir para o Albergue”, explica.

O trabalho com esse público está bem intenso no município, as pessoas assistidas pela pasta receberam vacina contra a Covid-19, no último sábado dia 26, imunizando 28 usuários do Centro Pop, e logo receberam a vacina da gripe e, além disso, disponibiliza o jantar no Bom Prato, mais um lanche noturno para aqueles que vão para o alojamento. Além do trabalho da Secretaria de Desenvolvimento Social, o Fundo Social de Solidariedade está com a campanha de inverno: Por falta de abraço, doe um cobertor, que tem como meta, arrecadar 3 mil cobertores novos por conta da pandemia.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade explica que as famílias em situação de vulnerabilidade também estão sendo atendidas por meio da campanha de inverno. “Este ano, o inverno está mais rigoroso, por isso, precisamos pensar no próximo. Como temos a pandemia e precisamos nos cuidar, pedimos que os cobertores sejam novos, assim distribuímos para nossos parceiros que são os clubes, associações e as igrejas”, explica.

As doações podem ser feitas na sede do Fundo Social, na rua Vereador José Barbosa de Araújo, 195, Vila Virgínia. Quem preferir,pode ajudar com doação em conta: (Banco do Brasil, Agência 6882-9, C/C 134000-X, CNPJ 186.121.90/0001-63), ou ainda pelo PIX (CNPJ 186.121.90/0001-63).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui