Prefeitura de Itaquá promove palestra com foco no combate ao trabalho infantil, no dia 12 de junho

Prefeitura de Itaquá promove palestra com foco no combate ao trabalho infantil, no dia 12 de junho

Nesta data é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Ação é feita pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, através do Creas

No dia 12 de junho é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil e a Prefeitura de Itaquaquecetuba, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social realiza uma palestra sob a temática – ‘Não leve na brincadeira: trabalho infantil é ilegal, denuncie’, às 9 horas, na capela da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, na Vila Virgínia.

A ação tem a organização do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), equipamento da pasta de Desenvolvimento Social e tem o foco de chamar a atenção e alertar para as situações de trabalho infantil.

De acordo com a coordenadora do Creas, Márcia Chiovitti, a palestra será ministrada pela professora e coordenadora do curso de Serviço Social da universidade UNG/Univeritas – campus Itaquá. Ela enfatizou também que o evento conta com a parceria da equipe de busca ativa da Osc – União dos Moradores da Vila Zeferina, que trabalha juntamente com a municipalidade realizando buscas em diferentes locais para identificar o trabalho infantil.

Ainda segundo a coordenadora, é realizado também o Peti – Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. “Diante de uma situação de trabalho infantil, é feito a analise do caso e de acordo com as necessidades apresentadas é dado encaminhamento, até mesmo para outros serviços, como saúde, educação, entre outros, para que essa criança e sua família sejam atendidas e acompanhadas”, disse.

SERVIÇO O endereço da igreja que será feita a palestra é Rua Araxá, 141, bairro Vila Virgínia. O evento é aberto ao público.

É considerado trabalho infantil qualquer tipo de panfletagem, serviços domésticos, prostituição, tráfico, exploração sexual ou qualquer atividade que a criança receba uma remuneração para exercê-la.

O telefone para denuncias em caso de trabalho infantil é o Disque 100. As denúncias também podem ser feitas no município pelo telefone do Creas 4642-0070.

Mais Notícias

Sidebar