Foi aprovado em segunda discussão na Câmara Municipal, o projeto de lei de autoria do vereador Vinicius Pateta, que cria obrigatoriedade de divulgação pela Prefeitura sobre a atuação efetiva em benefício da cidade dos deputados estaduais e federais que foram os mais votados em Arujá. Após aprovação na sessão de 13 de setembro, o PL seguiu para o prefeito Luís Camargo que pode, ou não, sancionar.

De acordo com Vinicius Pateta, o objetivo do projeto é mostrar ao povo a importância de votar em parlamentares que realmente contribuem com a cidade, e evitar aqueles que caem de paraquedas e levam grande quantidade de votos sem tomar conhecimento das dificuldades que o município atravessa e com as quais poderiam contribuir.

“Eu realmente espero que o prefeito sancione esse projeto, que recebeu o apoio e foi aprovado pelos vereadores em primeira e segunda discussão, porque isso pode ajudar o eleitor a fazer suas próximas escolhas. Nós precisamos de pessoas comprometidas com as causas que são de interesse da população. Passamos por este período de pandemia, que resultou na redução da arrecadação. O município precisou contar com emendas parlamentares e muitos deputados que tiveram grande número de votos aqui, nem sequer tomaram conhecimento das dificuldades”, disse.

  Para o vererador, há deputados como Roberto de Lucena e Márcio Alvino, na esfera federal, e André do Prado na esfera estadual, que realmente que realmente vem acompanhado e trabalhando incansavelmente para ajudar a cidade e outros como Joice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro que levaram a maioria dos votos para federal, assim como Janaina Paschoal Arthur Duval e Jorge Wilson, que levaram a maioria dos votos para estadual, que nada fizeram pelo nosso município. Eu creio que o povo tem direito de saber quem realmente trabalha e contribui com a cidade, pois isso vai direcionar suas escolhas futuras e além disso vai mostrar aos próximos candidatos que a atuação dele em favor da cidade será vista e analisada”, concluiu o vereador.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui