A Câmara Municipal de Arujá sediou, na última sexta-feira, 19, palestra sobre a prevenção ao câncer de próstata, promovida por iniciativa dos vereadores Paulinho Maiolino e Luiz Fernando de Almeida. O evento contou com a participação de três profissionais de saúde para tratar sobre a questão do diagnóstico, sobre o impacto emocional e os aspectos da recuperação dos pacientes em tratamento.

A questão da diagnose foi explanada pelo especialista em urologia, Dr. Josinélio Henrique Oliveira Bernardes, que explicou de forma didática o que é a próstata e como surge o câncer. Ele chamou a atenção para os sintomas que indicam a necessidade de investigação de células cancerígenas e tumores e como tratar.

“Hoje em dia temos observado uma melhora muito grande na procura dos exames preventivos e os homens se mostram mais preocupados com a questão. Significa que, aos poucos, o preconceito quanto prevenção está diminuindo”, afirmou Dr. Josinélio, que atende no Alto Tietê nas cidades de Arujá, Itaquaquecetuba e Mogi das Cruzes. Ele informou na ocasião que o câncer de próstata tem sido o mais comum entre os homens e perde só para o câncer de pele. “Só neste ano de 2021 estão previstos 65 mil casos de câncer de próstata e a cada 40 minutos morre um paciente por falta de prevenção, ou até porque não tiveram acesso a um tratamento adequado”, disse.

O psicólogo Alex Silveira falou, por sua vez, sobre os aspectos emocionais dos homens diagnosticados com o câncer de próstata, que além do medo natural do sofrimento que a doença pode provocar, lidam também com a questão da autoestima. Ou seja, o medo da disfunção sexual, ou seja, impotência, seja esta transitória ou permanente, é causa de ansiedade, irritabilidade ou mesmo depressão entre os pacientes.

A boa notícia, contudo, conforme também confirmou o professor Fábio André, fisioterapeuta, é que quando descoberto no início e tratado de forma adequada, o câncer de próstata é o que tem maior índice de cura. Ele falou sobre como os exercícios fisioterápicos são importantes na recuperação dos pacientes pós cirurgia ou em tratamento.

Município implanta serviço inédito de urologia

O prefeito Luís Camargo também prestigiou o evento e anunciou a implantação de um serviço inédito de urologia no município. Por meio desse serviço, o município conseguirá fazer mais de 100 atendimentos mensais (o SUS disponibiliza, atualmente, um atendimento por mês). Além das consultas, haverá ultrassom de próstata, biópsia de próstata, litotripsia e fisioterapia pélvica, entre outros.

“O serviço, que hoje é a segunda maior demanda da pasta de Saúde, será realizado após a emissão de guia fornecida pela Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da casa do munícipe, que encaminhará o paciente para o Centro de Especialidades, localizado na avenida dos Expedicionários, 1255”, esclareceu o dr. Camargo.

Objetivo atingido

Os vereadores Luiz Fernando e Paulinho Maiolino se mostraram surpresos e agradecidos pela presença maciça do público, em sua maioria mulheres, pela certeza de que serão multiplicadoras de informação e que de alguma forma este alerta levará os homens a terem um cuidado mais especial com a saúde e a qualidade de vida.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui