Desde o dia 20 de novembro encontra-se em vigor no município a “Operação Boas Festas”, desenvolvida pela 3ª Cia de Polícia Militar de Arujá, visando de forma mais específica a movimentação de consumidores junto aos bancos, comércios e lotéricas não só no Centro, como nos bairros mais movimentados. De acordo com o comandante Anderson Pelegrini, a princípio esse patrulhamento está contando com efetivo próprio, mas como acontece tradicionalmente, a partir de dezembro a cidade poderá receber o reforço de policiamento da Cavalaria e Rota. “Arujá sempre contou com a ação e acredito que este ano não será diferente, pois já fizemos o pedido”.

“Estamos com um efetivo maior nas ruas, já que todos os nossos soldados e oficiais retornaram de férias. Desde o início deste ano fizemos um planejamento para garantir que nossos policiais tirassem suas férias antes de dezembro e desde o dia 20 último estamos seguindo uma estratégia em que toda viatura acionada para atendimento de ocorrências tem que passar obrigatoriamente pelo centro. Ela atende a situação para a qual foi solicitada, mas também deve passar pelo local de maior concentração comercial. Ela para em locais onde possa ter uma visão ampla da movimentação para poder atender com rapidez qualquer situação de furto, roubo ou os famigerados golpes”, explicou o capitão Pelegrini.

Ele enfatiza que ao longo dos últimos meses os índices criminais do município, principalmente roubos e furtos, foram reduzidos. “Tivemos uma ocorrência de roubo nas dependências de um banco no mês passado, e depois disso não tivemos qualquer ocorrência aqui em Arujá ou em Santa Isabel, mas estamos alertas e trabalhando com foco nas saidinhas de banco e outras movimentações suspeitas, já que em novembro já começaram a liberação das parcelas do 13º salário pelas empresas privadas, então dentro em breve teremos mais dinheiro rodando.”

O capitão adianta também que “agora com o final do ano letivo não teremos uma necessidade tão grande da ronda escolar, em que pese que temos a obrigação de zelar pelo patrimônio escolar, as crianças não estarão na escola, e com isso vamos aumentar também as operações Cavalo de Aço, visando identificar pessoas que estão dirigindo motos e carros de forma imprudente ou alcoolizadas devido às festas de final de ano e também a operação São Paulo mais segura, para dar mais sensação de segurança e presença de viaturas em vários locais.

Recomendações

O capitão Anderson Pelegrini alerta aos munícipes para que estejam atentos e não parem nas ruas para contar dinheiro ou ficar falando ao celular e também estejam atentos às bolsas mochilas. “No caso dos comerciantes seria muito bom que colocassem em prática o princípio de vigilância solidária, estando atentos ao que acontece com os comércios vizinhos. Qualquer situação suspeita entrar em contato com a central 190 e nós iremos averiguar”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui