O Casarão das Artes de Arujá segue com vagas para a oficina “Exercícios de Antropologia Fílmica Para Observar e Descrever com Imagens”, do programa Pontos MIS, do Museu da Imagem do Som. Será em 30 e 31 de maio, das 17h30 às 21h30, com idade mínima de 16 anos.
O cinema antropológico é uma expressão original do documentário. A partir de atividades práticas, a oficina propõe uma desestabilização de sentidos e percepções. Inspirada em trabalhos desenvolvidos na escola de Nanterre, fundada por Jean Rouch, figura pioneira do filme etnográfico, mostra como o uso da câmera modifica o olhar do observador sobre a realidade e como essa experiência pode provocar reflexões e transformações.
A editora e cineasta Daniela Gonçalves dará a oficina. Ela é graduada em jornalismo pela Universidade de Brasília e mestre em Cinema Antropológico e Documentário pela Universidade Paris Nanterre, localizada na França. Atualmente, trabalha com edição de documentários para cinema, televisão e internet e se interessa por temas relacionados a tecnologias, cultura popular, estudos de gênero e memória.
O Casarão é uma unidade da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e está localizado na Rua Rodrigues Alves, 90, no Centro. O telefone é o 4653-1938.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui