Luiz Fernando se reúne com artesãos para ouvir demandas e preparar emendas à LOA 24

Luiz Fernando se reúne com artesãos para ouvir demandas e preparar emendas à LOA 24

O vereador Luiz Fernando (PSDB) se reuniu com um grupo de artesãos de Arujá para ouvir as demandas dos trabalhadores e discutir formas de executar e viabilizar recursos de emendas impositivas para melhorar as condições de trabalho da categoria.

O encontro ocorreu no último dia 20/3, na Câmara de Arujá, e contou com a participação do secretário de Cultura Juvenil dos Santos.

O primeiro assunto abordado foi a substituição das barracas atualmente utilizadas pelos artesãos para exposição e venda dos produtos. Luiz Fernando garantiu R$ 30 mil no orçamento de 2023 para viabilizar a troca. O objetivo é que a Prefeitura faça a aquisição de novas tendas, mais adequadas à atividade, e que possuam, por exemplo, proteção contra chuvas e bancada.

A proposta ficou de ser viabilizada pela Secretaria de Cultura, que sugeriu a locação das barracas.

“Importante a gente conversar em conjunto e vocês perceberem como funciona a questão orçamentária e como as aquisições são feitas”, disse Luiz ao chamar a atenção sobre a necessidade de cumprir os trâmites administrativos.

O grupo ainda solicitou maior atenção da Prefeitura na organização do espaço destinado aos artesãos na Festa das Nações, um dos principais eventos da cidade, e a indicação de um novo local para guardar as tendas – de preferência nas proximidades da Praça do Coreto, onde é feita a comercialização durante a semana.

Tanto o vereador Luiz Fernando quanto o secretário Juvenil se comprometeram a discutir formas de atender ao pleito dos trabalhadores.

Novidade

O secretário Juvenil antecipou duas novidades que deverão beneficiar diretamente os artesão do Município: a construção da Casa do Artesão e a elaboração de um projeto de lei para a regulamentação da atividade. A proposta passará por debate na Câmara de Arujá. Juvenil solicitou ao vereador que discuta o projeto com os artistas, antes de sua discussão e aprovação pelo Plenário. “É fundamental que esse debate seja acompanhado por vocês para que sugestões e melhorias apresentadas pelo grupo sejam incorporadas ao projeto”, ressaltou.

Juvenil ainda indicou formas de melhorar a remuneração dos artesãos, por meio de produção de suvenires de Arujá – em parceria com a Secretaria de Turismo – e a realização de cursos de artesanato, por meio do Fundo Social de Solidariedade.

Se necessário o vereador apresentará novas emendas ao Orçamento de 2024 para ajudar a categoria.

Fotos: Imprensa CMA

Mais Notícias

Sidebar