Inscrições para concurso de marchinhas se encerram na próxima terça-feira

Inscrições para concurso de marchinhas se encerram na próxima terça-feira

O Concurso de Marchinhas Carnavalescas – Edição Alto Tietê, promovido pela Secretaria de Cultura de Suzano, encerra suas inscrições às 17 horas da próxima terça-feira (31/01). O evento gratuito, que leva o nome do sambista Monarco, tem como objetivo fomentar a produção do gênero musical, tornando possível ainda a revelação de talentos.

Os interessados podem se inscrever no Casarão das Artes (rua 27 de Outubro, 271 – Centro), das 9 às 17 horas, ou preenchendo o formulário on-line em bit.ly/PremioMonarcoForms. Para o cadastro presencial, é necessário apresentar RG e CPF, comprovante de endereço, a ficha de inscrição, um pendrive contendo o arquivo em áudio da música em voz e violão no formato MP3 e cinco cópias impressas da letra.

Cada participante pode registrar uma composição no Prêmio Monarco. É necessário escolher entre uma música de liricidade poética ou uma letra voltada ao cotidiano. Os suzanenses, porém, têm a possibilidade de inscrever duas marchinhas em cada categoria e concorrer ao Prêmio Pratas da Casa que, dentro da análise geral, irá eleger as melhores produções exclusivas da cidade.

Na primeira etapa, serão avaliados quatro quesitos nas marchinhas, incluindo melodia, letra e originalidade da composição, além da interpretação em vídeo e áudio. Estes fatores serão analisados por um grupo de jurados, que selecionará dez canções para os módulos do concurso, sendo cinco poéticas e outras cinco satíricas. Na segunda fase, o modelo se repete com a adição de uma apresentação ao vivo, que definirá os vencedores.

Ainda, os três primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro. A exemplo, o responsável pela marchinha carnavalesca mais bem avaliada no Prêmio Monarco receberá R$ 4.500,00, enquanto a segunda e a terceira garantirão R$ 3.700,00 e R$ 3.000,00, respectivamente. Os valores oferecidos pelas composições satíricas e nas duas seleções do Prêmio Prata da Casa estão disponíveis para conferência no regulamento.

O prefeito em exercício e secretário municipal de Cultura, Walmir Pinto, ressalta algumas regras importantes para o registro das composições. “Aceitaremos apenas músicas e temas inéditos, ou seja, que não tenham sido veiculadas ao público em desfiles de carnaval, outros concursos ou nas rádios. Ressaltamos também que não será permitida a inclusão de mensagens racistas, homofóbicas, misóginas, antidemocráticas e ofensivas”, disse.

Créditos das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano e Wanderley Costa/Secop Suzano

Mais Notícias

Sidebar