O Plenário da Casa aprovou Moção de Parabenizaçã em homenagem aos professores pela passagem do dia 15 de outubro. A propositura, de autoria conjunta dos vereadores Samoel Maia de Oliveira (Republicanos), Pastor Samoel Maia; Cristiane Araújo Pedro de Oliveira (PSD), a Profª Cris do Barreto, e Divinei da Silva (PL), também valorizou a capacidade de superação desses profissionais, que enfrentaram muitas dificuldades para garantir o aprendizado de seus alunos durante a pandemia.

Além da propositura, o Pastor Samoel fez questão de ler uma mensagem na Tribuna e prestar deferência à professora Kimiko Misobe, que lecionou por mais de 30 anos em escolas públicas e privadas de Arujá. Ela assistiu a Sessão Ordinária da Tribuna de Honra e ao final recebeu um Certificado de Gratidão – assim como a Profª Cris do Barreto e o vereador Divinei, que também exercem a profissão.

“Ainda que eu fale mil palavras, não conseguirei alcançar o valor que eles têm, mas quero parabenizar os professores pelo seu dia e, por meio dessa singela homenagem, demonstrar nossa gratidão e admiração pelas pessoas dessa linda profissão que dedicam sua vida e empenham seu tempo para ensinar, orientar, estimular e construir o caráter e a formação dos arujaenses”, disse o vereador.

Divinei fez questão de lembrar sua primeira professora, Terezinha, e também ressaltar o esforço que muitos profissionais fizeram para superar os obstáculos do ensino a distância. “Diferente do que muita gente fala, não foi fácil para os professores se reinventarem, e conseguirem dar aulas de forma remota, diante de tantas dificuldades, inclusive, a falta de equipamentos. Nem mesmo para os alunos foi fácil. Foi o profissionalismo, a força de vontade e o trabalho dos professores que tornaram possíveis essas aulas”, salientou.

Para a Profª Cris do Barreto (PSD) a pandemia acabou por valorizar a profissão de educador. “Conseguimos mostrar o quanto os educadores são importantes para esse País. Hoje, muitas famílias dão valor à educação e aos profissionais. Somente com a Educação conseguiremos mudar esse País. Somos nós que formamos outros profissionais. Sem professores, não há profissionais de qualidade”, pontuou.

Também se pronunciaram os vereadores Reynaldo Gregório Junior (PTB), o Reynaldinho; Roberto Daniel Duarte (PODE), o Renan de Arujá; Vinícius Henrique Alberto Bernardo (Rede), o Vinícius Pateta; José Genilson da Silva (PT), o Genilson Moto; e Paulo Henrique Maiolino (PSD), o Paulinho Maiolino.

Cópias da Moção serão enviadas às escolas estaduais e municipais da cidade, assim como as Diretorias de Ensino da região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui