Guararema mantém obrigatoriedade do uso de máscaras nas escolas, unidades de Saúde e no transporte público

Guararema mantém obrigatoriedade do uso de máscaras nas escolas, unidades de Saúde e no transporte público

Decreto emitido pela Prefeitura de Guararema nesta segunda-feira (21) é mais restritivo do que o do Governo do Estado

A Prefeitura de Guararema acatou parcialmente a determinação do Governo do Estado de liberação do uso de máscaras. Agora, a obrigatoriedade se aplica nas Escolas da Rede Municipal, em locais destinados à prestação de serviços de Saúde e no transporte público.

O Decreto emitido pela Prefeitura de Guararema nesta segunda-feira (21) é mais restritivo do que o do Governo do Estado, que libera o uso facultativo das máscaras nas unidades de ensino. A medida mais restritiva foi tratada com a Secretaria Municipal de Educação e leva em consideração, dentre outros fatores, o fato de parte das crianças não estarem vacinadas com o imunizante contra a Covid-19.

Nos demais locais, como áreas abertas, postos de trabalho, comércios, restaurantes, dentre outros pontos, o uso continua sendo recomendado pela Secretaria Municipal de Saúde, já que as máscaras se mostraram importantes aliadas para a diminuição do contágio da Covid-19.

A retirada da obrigatoriedade do uso de máscara foi adotada em todo o Estado de São Paulo e, dentre outros fatores, leva em consideração o índice de vacinação com duas doses, que atingiu a meta definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS).

“A medida mais restritiva do que a do Governo do Estado leva em consideração alguns fatores e posicionamentos das nossas Secretarias. Um desses fatores é que nem todas as crianças têm a liberação para se vacinar, aumentando a importância do uso das máscaras”, explica o prefeito Zé. “Vamos acompanhar de perto os indicadores referentes à Covid-19 para avaliarmos novas medidas”, completou.

Dentre às áreas destinadas à prestação de serviços de Saúde estão incluídos os pontos de vacinação, como a Unidade Nogueira e as UBS Lambari e Jardim Dulce, assim como no Cesap. Além do transporte público, também deve usar máscaras as pessoas que estiverem nos pontos de embarque e desembarque de passageiros.

 

Crédito fotos: Divulgação/PMG

ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
Sidebar