Ao verificar uma movimentação suspeita num terreno baldio localizado no Jardim Botujurú, agentes da Guarda Municipal de Mogi das Cruzes perderam de vista dois desconhecidos, mas acabaram por encontrar sete corpos em covas irregulares que estavam disfarçadas pela vegetação.

O fato aconteceu na tarde de domingo, quando dois agentes observaram dois homens suspeitos no local que já é bastante conhecido como ponto de utilização de entorpecentes. Resolveram fazer a abordagem, mas os desconhecidos conseguiram se evadir. Ao fiscalizarem o terreno para ver se eles haviam descartado entorpecentes, os guardas municipais se depararam com uma enxada, uma pá, cordas e roupas e então foram surpreendidos com um corpo que não fora ainda coberto o suficiente pela terra.

A Polícia Civil e a equipe de perícia foram acionadas ao local e ali descobriram outros seis cadáveres, sendo um deles de uma mulher. Apenas um dos mortos tinha um documento no bolso e a Polícia investiga se ele seria um morador de Suzano desaparecido desde o dia 03 de novembro.

A Polícia Civil de Mogi instaurou o inquérito e prossegue com as investigações para identificar as vítimas e os criminosos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui