A movimentação para a realização do ENEM junto às escolas estaduais, neste domingo, foi das mais tranquilas. No Centro, as escolas Esli Garcia Diniz e Washington Luiz abriram os portões regularmente ao meio-dia para o ingresso dos estudantes. As expectativas são muitas, assim como a preocupação com as provas, já que a maioria pretende ingressar em faculdades públicas.

                A estudante da EE Edir Paulino, Alice Ferreira, 18 anos, falou com a reportagem enquanto aguardava a abertura de portões na EE Esli Garcia Diniz. Ela, que reside no Barreto, sonha em cursar Direito e também jornalismo. “Já fiz o Enem duas vezes como treineira e agora vou fazer oficialmente. Estou ansiosa, mas me considero bem preparada”, disse.

Thaís e Rebeca, ambas com 22 anos, ingressando na EE Washington Luís para o exame disseram estar preocupadas com o teor das provas. “Falaram que os exames terão a cara do governo. E a gente se pergunta que cara é essa? Então há sim uma preocupação, apesar de eu ter me preparado para as provas”, afirma Rebeca, que já concluiu o ensino médio e já cursa o último semestre de enfermagem na Anhanguera Morumbi, sonhando agora em fazer medicina.

Thais, residente no Jardim Primavera, também compartilha da preocupação, mas está com expectativas boas para a prova e sonha fazer Letras em faculdade pública. “Eu me preparei e estou com uma expectativa boa, espero que tudo corra bem”, comentou com a reportagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui