O Dia Internacional da Mulher em Itaquaquecetuba foi especial, pois as mulheres vítimas de violência da cidade passam a receber uma assistência diferenciada com a inauguração da Delegacia de Defesa da Mulher. O prefeito Eduardo Boigues e a primeira-dama Mila Prates Queroz, participaram, na tarde de hoje (08) da inauguração junto ao governador do Estado de São Paulo, João Doria, que de forma virtual realizou com o prefeito a cerimônia para abrir oficialmente as atividades no local.

Também estiveram presentes na inauguração general João Camilo Pires de Campos – secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, delegada Elizabete Sato, da Delegacia Geral adjunta, delegado Luiz Storni, diretor do Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro), delegado Jair Barbosa Ortiz, delegado Seccional de Polícia de Mogi das Cruzes, delegada Luciana Amat, delegada de Polícia Titular da DDM de Itaquaquecetuba, delegada Jamila Jorge Ferrari, coordenadora das Delegacias de Defesa da Mulher do Estado de São Paulo, coronel Fernando Alencar Medeiros, Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Ronaldo Gonçalves Faro, Comandante de Policiamento Metropolitano, coronel José Raposo de Faria Neto, comandante de Policiamento Metropolitano -BPMA 12, tenente coronel Alexandre Vasconcelos do 35º batalhão de Polícia Militar.

A Delegacia de Defesa da Mulher é uma conquista pleiteada há anos por Eduardo, ainda como delegado de polícia. Esta medida vai proporcionar melhor atendimento e acolhimento para mulheres, crianças e adolescentes vítimas de violência, que por muitos anos permaneceram calados por medo de represálias de seus agressores e sem ter onde buscar ajuda. “É um dia muito especial para a nossa cidade. Em nome da minha esposa, Mila, quero parabenizar todas as mulheres e que elas saibam que agora estão seguras, elas têm onde pedir ajuda”, reforçou Boigues.

A nova unidade da DDM de Itaquaquecetuba está localizada na avenida João Barbosa de Moraes, 448, no bairro Vila Zeferina e contará com sala de plantão, duas de investigação, três destinadas aos cartórios, uma para o delegado, uma de espera, além de carceragem, cinco banheiros e uma cozinha. Também há uma brinquedoteca e a sala lilás (para acolhimento mais humanizado).

O governador João Dória, que participou de forma on-line reforçou a importância da abertura da Delegacia. ”Quero parabenizar as mulheres, principalmente porque hoje a felicidade é dupla: a inauguração da Delegacia de Defesa da Mulher e também o Dia Internacional das Mulheres, parabenizo todas, principalmente aquelas que estão na linha de frente da Segurança”, reforçou Doria.

A primeira-dama Mila ressaltou a importância da DDM para as mulheres de Itaquaquecetuba: “Eu tenho que parabenizar as mulheres e dizer que agora não estão mais sozinhas”, frisou.

O atendimento acontecia antes, nas delegacias da cidade, em alguns casos, a Secretaria da Mulher recebia as vítimas e fazia o primeiro acolhimento, orientando-a produzir o boletim de ocorrência. Outro benefício para a população é de que haverá um trabalho integrado com a rede de apoio municipal, que vai proporcionar abertura para o encaminhamento psicológico, jurídico e outros que forem necessários.

“Essa é a oportunidade que as mulheres têm em denunciar seus agressores, porque agora é a hora de ter respaldo e também receber as orientações necessárias”, explica Luciana Amat. A unidade passa a contar com um efetivo de oito policiais, sendo dois delegados, três investigadores e três escrivães, bem como uma frota de duas viaturas – uma delas descaracterizada. Nos próximos dias, chegarão mais seis funcionários para funções administrativas, cedidos por convênio com o Governo do Estado pela Prefeitura de Itaquá.

Fotos: Verônica Ribeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui