O carteiro Tiago da Silva, de 32 anos, tinha um grande sonho na vida: mochilar pelo Brasil distribuindo livros em escolas públicas. Com muita determinação, esse alagoano – da cidade de Junqueiro – tirou a ideia do papel. Hoje são mais de 7.900 livros distribuídos e aproximadamente 30 mil jovens alcançados. “Quando eu me formei, eu disse que ia devolver tudo o que a educação fez por mim, que eu faria tudo por outros jovens”, lembrou.

Tiago batizou o projeto dele de Mochileiro pela Educação. De infância pobre, ele viu na educação pública uma oportunidade de crescer. “A educação salvou minha vida”, disse. Formado em gestão de Recursos Humanos e morando atualmente em Maceió, hoje Tiago divide o tempo entre o trabalho nos Correios e o projeto social. Além de escolas da rede pública, Tiago também entrega os livros em ONGs, aldeias indígenas, quilombos e grupos sociais de jovens reunidos.

O trabalho não é fácil, mas o carteiro garante que é gratificante. Com o crescimento do projeto, ele conseguiu algumas parcerias, que ajudaram na aquisição das obras e no custeio das viagens. Agora, o mochileiro contou que tem um sonho a longo prazo: implantar bibliotecas pelo Brasil, além de ser mochileiro em tempo integral.

Qualquer pessoa ou empresa pode doar livros para o Mochileiro pela Educação. O projeto aceita livros paradidáticos em bom estado de uso. Também é possível comprar um vale livro. Para falar com o Tiago, basta entrar em contato pelo Instagram dele.

 

Fonte: Só Notícia Boa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui