O painel da Indústria, evento realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, em comemoração ao Dia da Indústria, foi finalizado hoje com a participação do ex-governador Geraldo Alckmin, que trouxe a palestra “Panorama da Economia Atual”, voltada aos empresários locais pautada numa agenda de competitividade, ou seja, o que é possível fazer no atual cenário para melhorar o crescimento industrial. Durante a exposição, ele se disse otimista em relação à economia brasileira, que deverá se recuperar a partir do segundo semestre.
 
O ex-governador detalhou o crescimento econômico do país entre as décadas de 30 a 80 e fez também uma análise sobre a queda do Produto Interno Bruto durante a crise do ano passado, em razão da pandemia, mas assegurou que as bases do esperado crescimento em torno de 3,5% a 4% da economia são sólidas. “Estamos com uma política monetária que protege um pouco mais a indústria, com juros baixo, e com isso já temos recorde em exportações, principalmente no agronegócio. Existe uma demanda mundial por alimentos e o Brasil é um grande celeiro do mundo em produção de proteína animal e proteína vegetal e isso vem fomentando esse recorde de exportações”, afirmou.
 
Além Disso, Alckmin detalhou que o setor de serviços vai crescer, assim como o turismo interno. “As pessoas que antes viajavam para fora do país e hoje estão impedidas de fazê-lo por conta das restrições da pandemia, vão investir a partir de agora no turismo regional. É algo que precisamos saber como aproveitar” afirmou, mostrando as perspectivas de futuro e a importância de se investir na desburocratização, em acordos internacionais e fortalecimento da logística.
 
Na ocasião, Alckmin foi recebido pelo secretário de Desenvolvimento, José Carlos Santos, bem como o prefeito Luís Camargo e a primeira dama Clau Camargo. A live, realizada no auditório do Centro Industrial Office, contou com a presença do presidente da AECIA, Sérgio Luiz da Silva Guagliano, outros 24 empresários, além do ex-prefeito Abel Larini e do vereador Abelzinho. A programação online contou com audiência surpreendente.
 
Bastidores
 
Ao final da live, Alckmin conversou com o prefeito Camargo sobre sua expectativa em relação a Arujá, que é de grande crescimento em decorrência de sua logística. “Uma das coisas que pode contribuir muito é a nova etapa da canalização e duplicação da avenida Mário Covas, sentido do aeroporto, o que facilitará ainda mais essa logística e atrairia ainda mais empresas”, disse o ex-governador.
 
Questionado pelo jornal sobre a situação atual da pandemia e o que ainda precisa ser feito, já que ele também é médico, Geraldo Alckmin afirmou que “Precisa acelerar a questão da vacinação, temos 40 mil postos de trabalho com 160 mil profissionais, podem ser vacinadas 2,5 milhão de pessoas ao dia, o problema é não temos a vacina, mas vamos ter e esse momento vai chegar. Até lá temos que contribuir obedecendo os protocolos de distanciamento e usando máscara e álcool gel. De outro lado, é preciso garantir UTI a quem precisa, é o único caminho”, disse.
 
O secretário José Carlos Santos falou de sua alegria em receber o ex-governador para uma palestra que foi profundamente positiva. “É o que precisamos neste momento, perceber que as coisas vão melhorar e de que forma todos podemos atuar dentro de uma agenda de competitividade que é do interesse do meio empresarial”. O prefeito Luís Camargo também agradeceu ao ex-governador por sua participação nesta programação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. “Geraldo Alckmin é o autor da maioria das grandes obras realizadas no município, é uma pessoa que nos traz hoje esclarecimentos muito importantes sobre o futuro da economia brasileira”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, comente
Coloque seu nome aqui