A Vida e a trajetória do pré-candidato a deputado estadual major Neto

A Vida e a trajetória do pré-candidato a deputado estadual major Neto

Ademar Francisco Martins Neto, popularmente chamado por Major Neto, nascido em Bom Sucesso no Estado do Paraná. Lá passou os primeiros anos de infância junto com seus familiares e foi onde aprendeu as primeiras e mais importantes lições da vida, que guarda até hoje, particularmente o valor da família, o respeito a todas as pessoas e a importância do trabalho dedicado, pois viviam da terra ou seja na lavoura. A vida no campo, embora por vezes pareça bucólica e tranquila, exige de todos muitos sacrifícios para que se possa obter um bom resultado. “Isso nos ensina a persistirmos e acreditarmos que sempre é possível superar as dificuldades, mesmo as mais difíceis. E foi diante de uma grande tribulação que meus pais precisaram deixar o Paraná, como tantas outras famílias, de tantas outras passagens, para tentar recomeçar a vida em busca de melhores oportunidades, que viemos a ser acolhidos pela cidade de Guarulhos. Em Guarulhos nossa família cresceu eu, por minha vez, fui ser guarda mirim, trabalhei na gráfica Rideel, depois na Cipasa e também aprendi a ser mecânico de motos. Foi então que, aos 18 anos, entrei para a Polícia Militar. Tornei-me um jovem cidadão, ávido por realizar boas coisas como a retribuir todas as oportunidades que o Estado de São Paulo me proporcionou e vem proporcionando até hoje”.

Família
“A formação familiar é tudo para mim e, com base nesse exemplo, posso afirmar que amo indistintamente meus 7 filhos e sou extremamente feliz pelos relacionamentos afetivos que já tive na vida, pois cada um deles me ensinou algo que me tornou melhor”.

Carreira Militar
Com muito orgulho em dizer que começou a carreira militar como um jovem soldado da Polícia Militar, cheio de alegria pela possibilidade de ajudar tantas pessoas, para quem às vezes a assistência do Estado é representada somente por essa Instituição, talvez a única que está realmente presente em todos os municípios do Brasil inteiro. Conforme as oportunidades surgiam, dentro da organização e por meio de muito estudo, foi conquistando graduações, chegando inicialmente a Sargento, quando, além das obrigações normais de um policial, recebeu um grupo de militares para comandar e treinar. Seguiu em frente e conseguiu ingressar na Academia de Polícia Militar do Barro Branco, onde após 4 (quatro) anos de preparação, passou a atuar como Tenente, Capitão e finalizou a carreira como Major. Como Capitão, teve a oportunidade de atuar em várias regiões carentes de segurança pública, inclusive no município de Guarulhos e cidades vizinhas, como em Arujá que trabalhei por muitos anos e tenho grande gratidão por centenas de pessoas que me ajudaram e tornaram possível fazermos um excelente trabalho como militar. Sempre com ajuda de boas pessoas da comunidade, obteve excelentes resultados, contribuindo para mudanças de mentalidade, melhorias no relacionamento entre as pessoas e a PM, e ainda no incentivo à participação comunitárias nos CONSEGs, fortalecendo ainda mais o papel de cada cidadão na construção de uma cidade realmente mais segura. Diga-se de passagem em Arujá tive o primeiro dia d serviço e também o útimo.

Profissão e Cultura
Além do valor familiar que já foi comentado aqui, o Major Neto também aprendeu que estudar é muito importante e é transformador na vida de qualquer pessoa. Assim, apesar da árdua rotina policial, encontramos tempo para continuar estudando, tendo formado como Psicólogo na Universidade de Guarulhos e Bacharel de Direito, pela Universidade Cruzeiro do Sul, e também concluiu o curso nível médio de francês, o qual habilita a falar e escrever um dos mais importantes idiomas do mundo.

Anos Recentes
Atualmente, já na reserva da PM, passou a atuar como advogado e, atualmente é residente na Estrada que liga Arujá a Santa Isabel, no Bairro Ouro Fino, Antes residia em Bady Bassitt, uma cidade que mescla tradições da vida rural com a modernidade, na qual teve oportunidade de aprender ainda mais sobre as necessidades das pessoas. Nesta cidade criei forte relações com o povo e pude entender o ser humano com a ajuda das minhas atribuições culturais, ou seja, como psicólogo, advogado e Oficial da Polícia Militar. Todas essas nuances ajudaram a ter a exata percepção de uma comunidade, bem como um método sólido e correto para identificar os seus problemas e contribuir nas soluções, como se fosse mesmo uma devolução à sociedade daquilo que me proporcionou. Na verdade, uma gratidão social”.

Interesse pela Política
“Por tantas experiências que vivi, descobri que a participação política, se bem conduzida e centralizada em bons valores e práticas, é uma forma efetiva de contribuir para a melhoria real e permanente na vida das pessoas. Fico muito feliz em perceber que atualmente fazer política e falar de política se tornou algo mais à mão de todos. Significa que o brasileiro está migrando daquela posição de esperar que o “governo” faça tudo por ele, para um modelo efetivo de cidadania, no qual todos podem se manifestar livre e respeitosamente, para influenciar nas mudanças que sempre serão necessárias para o desenvolvimento do país. É dentro desse contexto que tenho me conduzido nos últimos anos, acreditando que me apresentar no cenário político é mais do que um desejo ou uma vaidade, é um verdadeiro dever, não só meu, como de todo brasileiro consciente e responsável, pois um lugar melhor para se viver e ser feliz não se faz simplesmente por vontade ou fé, embora tudo isso seja muito relevante, na verdade, é preciso ação política e muito, muito trabalho”, disse com precisão o Major Neto.

VISÃO DE FUTURO PARA O BRASIL!
“O Brasil é uma nação nova, ainda em formação no que diz a sua identidade, se comparada a países milenares. Assim, também temos que entender o seu desenvolvimento democrático, que julgo muito difícil de ser mantido, sem a perseverança de cada pessoa. Há uma necessidade constante de que todos se reinventem para que cada dia, reflitamos do nosso papel no sentido de sustentar esta filosofia democrática e republicana, principalmente e sobretudo das pessoas que exercem influência ou que estejam à frente das decisões do país, aqui me referindo aos governantes e todos os que gravitam em seu entorno. Sintetizando, os responsáveis pelos poderes federativos, assim também, as instituições privadas, a mídia e todos os que, de alguma forma, compõe a sociedade brasileira, e por sua importância, têm capacidade de mudar comportamento. Com esta consciência, acredito num país melhor e mais justo. Para isto pretendo, como político, advogado, psicólogo, ou apenas como um componente da sociedade, lutar para conscientização das pessoas, para que se desenvolvam individualmente e também exerçam e lutem com plenitude pelos seus direitos e deveres, pois somente com a participação efetiva e perseverante deles teremos mudanças significativas neste país, e teremos uma democracia sólida e pujante. Deste modo serão expurgados naturalmente, os malfeitores, os tiranos e os desonestos dos postos relevantes das instituições, responsáveis por conduzir o povo e o Bem não será mais um desejo, uma expectativa, mas a realidade que todos nós, pessoas boas e corretas, tanto merecemos”, finalizou o Major Neto.

ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
ADVERTISEMENT
Sidebar